Quer Aprender A Ganhar Dinheiro?

E aí, tudo bem com você? Quer aprender a ganhar dinheiro sem mágica mas com uma ideia legal e que realmente funciona?

Você está no lugar certo!

Provavelmente você pode ter pensado que seria mas um daqueles artigos mirabolantes com formas mágicas de ganhar dinheiro.

Mas não, não é!

JÁ PENSOU EM IMPORTAR DOS ESTADOS UNIDOS E REVENDER?

Meu amigo, conheci um curso fantástico que ensina a importar dos Estados Unidos.

O curso se chama Academia Do Importador e vai ensinar você que quer aprender a ganhar dinheiro a economizar e a lucrar.

Quer aprender a ganhar dinheiro?

Eu gosto muito das camisetas da Hollister e sabe quanto paguei em uma camiseta importando dos Estados Unidos?

R$37,00, isso mesmo, TRINTA E SETE REAIS!

Sabe quanto custa a mesma camiseta aqui na minha cidade R$230,00.

Na internet achei da mesma por R$190,00.

Percebeu a margem de lucro que você poder ter?!

Além de economizar nós podemos lucrar!

VOCÊ PODE IMPORTAR ROUPAS, FERRAMENTAS, PERFUMES E MUITO MAIS!

E não é só isso, eu tenho importado ferramentas.

Sabe como entrei nisso?

Meu tio tem uma oficina mecânica, e em uma reunião de família conversando com ele sobre o que estava fazendo falei sobre a importação.

Ele disse que estava precisando de uma ferramenta, fiz as pesquisas sobre a ferramenta que ele estava precisando e fiz o pedido para ele cobrando apenas o preço de custo.

Enfim, pensei que iria ficar nisso mas ele passou o meu telefone para outros colegas de profissão e de vez em quando faço algumas vendas neste nicho.

Ainda por cima o lucro é muito bom!

Neste site tem um artigo legal sobre Como Importar Ferramentas Dos Estados Unidos.

Desse modo se você está buscando uma renda extra ou até mesmo ter um negócio relacionado a importação poder ter certeza é uma ótima opção de negócio.

Se caso surgir alguma dúvida você pode entrar em contato com o pessoal do site Negócios e Conhecimento.

O pessoal é super de tranquilo e certamente podem tirar todas as suas dúvidas sobre o curso.

Abraços e até a próxima!


Como Iniciar Uma Mudança De Vida

Como iniciar uma mudança de vida?

PREPARADOS PARA CONVERSARMOS UM POUCO DE COMO INICIAR UMA MUDANÇA DE VIDA?

Olá pessoal, tudo bem?

É sempre difícil iniciar uma mudança em nossas vidas visto que mudanças geralmente geram na maioria das vez um desconforto muito grande em nós.

A insegurança causada pelas incertezas e medos  do que nos espera pela frente perturba muito a nossa zona de conforto.

Devemos encarar essas mudanças como um desafio importante para o nosso crescimento.

E quando entendemos que Deus ou a vida nos prepara isso justamente para nossa evolução e que somos responsáveis por tudo que nos acontece este “fardo” torna-se mais leve.

Nos casos onde a situação é mais negativa como, perder o emprego, uma pessoa querida ou mesmo não saber qual direção seguir na vida a melhor maneira a se fazer é encarar isso como um processo de construção pessoal e até mesmo espiritual que você está vivendo.

Tente enxergar de outra forma e você sentirá a coragem dentro de você.

VAMOS TRATAR MAIS ESSES PONTOS NEGATIVOS

Se você está desempregado a bastante tempo ou perdeu o emprego recentemente talvez seja o momento de você parar, refletir e perguntar-se:  O que eu quero pra minha vida?

Veja onde errou mas não fique preso nesses erros, cabe a você ter a consciência de seus erros e acertos e buscar a melhora .

A vida é como um rio e você tem que seguir o fluxo na direção do que você realmente quer.

Se você estava insatisfeito com o seu trabalho inicie algo que pode despertar algo de bom e ainda por cima lhe renda um bom dinheiro para você aumentar seus ganhos.

A várias possibilidades por aí e consequentemente você pode achar algo que te permita ter e alcançar sua liberdade financeira e de tempo.

CUIDE E INVISTA EM VOCÊ

É extremamente importante neste período de transição quando estamos passando por alguma ou algumas mudanças cuidar de nosso desenvolvimento pessoal.

Sobretudo no que tange a nossa auto estima.

Assim sendo, busque ler livros que lhe transmitam verdadeiros ensinamentos e consequentemente injete em você ânimo para superar as adversidades.

Busque leituras que irão te ajudar e consequentemente te motivar.

Coloque isto em sua mente:

Ninguém pode amar mais você do que você mesmo!

Portanto não espere que o mundo ficará comovido com a sua dor ou aparecerá uma bondosa alma para lhe salvar.

Dessa maneira, pode acreditar no que digo.

Dá para contar nos dedos e ainda vai sobrar dedos as pessoas que preocupam com você.

Na minha visão espiritual acredito na preocupação do CRIADOR.

Digo isso por experiência própria.

E QUAL CAMINHO SEGUIR?

Invista em sua capacitação.

Faça cursos e procure cada vez mais melhorar o seu desenvolvimento pessoal.

Você pode me dizer: Tá, mas não tenho dinheiro.

Arrume emprestado, faça algum bico e dessa forma se você realmente tiver interesse as situações irão surgir para você alcançar seu objetivo.

Pode acreditar no que estou te dizendo.

CADA PASSO É IMPORTANTE

Espero ter te ajudando com este texto.

Tente seguir alguns sugestões que foram passadas aqui.

Já são ideias de como você iniciar uma mudança de vida.

Por melhor que sejam as intenções no fim são as ações que irão gerar os resultados que você merece.

Sendo assim, corra atrás para encontrar um equilíbrio espiritual, pessoal e até profissional.

Você merece e pode ser feliz e realizado!

Obrigado pelo tempo que passamos juntos e espero que você melhore seus resultados.

Tchau e fui!

 

 

 

 

 

 

 

 

Como Importar dos EUA

De acordo com levantamentos realizados, grandes lojas de departamento são opções de compras nos EUA para brasileiros e por boas razões. Você pode obter quase todos produtos que deseja e enviá-los para o Brasil. Entre eles: dvds, livros, o kindle, brinquedos, fones de ouvido ou roupas, jóias e utensílios de cozinha.

É provável que você esteja procurando comprar itens que não estão disponíveis localmente no Brasil ou que estão disponíveis por um preço alto. E o envio dos EUA pode ser caro, especialmente se você não souber como escolher o transporte e seguir todos os passos para o cálculo de impostos e taxas de importação; E dependendo da loja, você encontra o produto mas ela não envia para o Brasil.

Endereço de entrega virtual dos EUA para envio ao Brasil.

Este endereço será usado pela loja virtual para o transporte intermediário. E a partir desse endereço seu produto será enviado para o Brasil no endereço que você deseja.

Quando você obtém esse endereço intermediário o custo de frete, consolidação e reembalagem diminuem, sua entrega é mais ágil e você terá suporte dado pela transportadora 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Clique na imagem e descubra


Começando as compras! Ao fazer o pedido na sua loja preferencial, use seu endereço nos EUA como o endereço de entrega. Para o seu endereço de cobrança, use o endereço do seu cartão de crédito, que é provavelmente um endereço no Brasil.

Quando o vendedor enviar seu pedido para o seu endereço virtual nos EUA, a empresa gestora informará o recebimento em seu armazém nos EUA e já saberá o  custo de frete, impostos e taxas de envio para seu endereço no Brasil.

Com todos os dados corretos, prossiga e processe sua liberação de remessa: escolha se deseja optar por uma proteção de valor de remessa, selecione o serviço de remessa desejado e pague o frete, impostos e taxas. Seu pacote será entregue no seu endereço real no Brasil pela transportadora selecionada.

Pagando suas compras do Brasil

As lojas americanas  aceitam uma grande variedade de métodos de pagamento, mas é possível que seu cartão seja recusado em algumas lojas devido ao fato de seu endereço de faturamento estar fora dos EUA ou porque seu cartão não tem suporte para compra nos EUA. Mas não se preocupe, pois existem outras formas aceitas como Paypal por exemplo.

Taxas de envio mais baratas

As taxas de envio no exterior são baseadas no peso volumétrico. Quanto maior o espaço que o pacote terá em um avião e mais caro será a taxa de envio. Algumas lojas costumam usar caixas grandes para produtos pequenos, ou seja, não otimizam a embalagem das mercadorias o que gera um custo muito alto para você. Por isso o endereço intermediário é muito útil, pois ira fazer o trabalho para você,consolidar suas encomendas e enviá-las todas de uma vez. Dessa forma, você paga apenas uma vez os primeiros 0,5 kg, que é a parcela mais cara em qualquer taxa de envio. Além disso, é possível armazenar pedidos em depósitos por 30 dias gratuitamente para que sejam depois consolidados e enviados ao seu destino final.

Você pode aproveitar o reempacotamento gratuito para economizar peso volumétrico (mesmo que na verdade não coloque todos os seus pacotes em uma caixa) e diminua o custo de transporte.

Para saber mais como Importar Direto dos EUA clique no link abaixo

Quero aprender Como Importar Direto dos EUA!

Você pode se tornar um milionário das criptomoedas

Quando se trata de “esquemas rápidos e ricos”, não há melhor método do que negociação. Tanto a negociação de ações quanto a de Forex podem levar a enormes retornos em um período muito curto de tempo – se você entender o mercado e como negociar.

Entrando no início de uma nova tecnologia ou empresa é a melhor maneira de se tornar um milionário. Tais riscos, apesar de enervantes, podem compensar no final.

A mesma noção se aplica às criptomoedas hoje, e entrar agora é a melhor maneira de se tornar um milionário antes que você perceba.

À medida que o mercado de criptomoedas flutua e aumenta, seu investimento muda automaticamente. Felizmente, as tendências de criptomoeda estão em ascensão – mesmo com seus mergulhos.

O Bitcoin, por exemplo, experimentou um enorme crescimento em dezembro de 2017, e caiu pouco depois, mas se você olhar para o padrão geral do valor do Bitcoin, perceberá que ele tem aumentado consistentemente desde o início.

Mesmo em 2019, alguns analistas ainda esperam que o Bitcoin alcance um valor de pico de US $ 100.000 . Isso indica outro aumento de mais de 1000% em valor, o que significa que um investimento de US $ 1 agora pode se tornar US $ 1.000 até o final do ano.

LEIA TAMBÉM: Como comprar bitcoin

Portanto, se você estiver esperando a bolha do Bitcoin estourar, então pode esperar um pouco mais.

O PODER DE COMPRA DO BITCOIN

O verdadeiro valor do Bitcoin, no entanto, não está necessariamente em seu valor ideal, mas agora é o momento certo para adquiri-lo.

Quanto mais fornecedores aceitam pagamento em Bitcoin, a moeda vai se estabilizando e também o valor dos Bitcoins que você tem.

Por exemplo, se você permitisse pagamentos do Bitcoin no início de 2016 quando o bitcoin valia menos de US $ 1.000, esse pagamento teria sido aumentado em aproximadamente 2000% apenas um ano depois em dezembro de 2017.

Isso significa que a noite do hotel que seu convidado pagou US $ 100 se tornaria US $ 2000 sem você fazer nada. Se você perdeu muito, então não se preocupe, porque os mesmos US $ 100 em dezembro de 2016 teriam experimentado um aumento de 700% em maio de 2018, significando que seus US $ 100 agora valeriam US $ 700.

A chave para investir é manter um olho constante nos números e atacar quando os números parecem não apenas a seu favor, mas a própria empresa é promissora. No entanto, se você correr esse risco, precisará agir com responsabilidade.I

O PROBLEMA COM CRIPTOMOEDAS

Criptomoedas são excepcionalmente voláteis e por boas razões. Não há requisitos definidos ou órgão regulador que os regule.

Isso significa que a negociação pode ser excepcionalmente arriscada, pois você pode se tornar vítima de uma fraude ou até mesmo violar a lei sem perceber. Embora seja volátil, há muito potencial.

Uma via de potencial existe no fato de que não há horário de abertura e fechamento que os traders tradicionais devam enfrentar. Como o Bitcoin e outras Criptomoedas são entidades digitais, a negociação pode ser feita inteiramente online.

Essa negociação é comumente feita com a tecnologia conhecida como Blockchain. Blockchain é um dado estruturado que representa algum tipo de registro de transação. Cada registro é assinado individualmente, o que significa que ninguém pode adulterá-lo, pois é negociado de uma pessoa para outra.

Quando novas informações são introduzidas, os algoritmos precisam passar pelo histórico de transações desses novos dados para verificar sua integridade e autenticidade.

Isso significa que negociar Bitcoin é relativamente seguro, é com quem você está negociando que é onde está o perigo, bem como na natureza volátil e no valor da própria criptomoeda.

Além disso, embora a negociação de BTC para USD seja considerada excepcionalmente arriscada, é aí que estão as oportunidades.

Todo grande investimento traz algum risco, mas com uma recompensa tão grande, pode ser difícil ignorá-lo. Em 2017, o Bitcoin atingiu níveis recordes e fez notícias em todo o mundo, e desde então tem feito altas e baixas significativas – o tipo perfeito de natureza volátil que significa que você tem o potencial de realmente aumentar seu portfólio.

Apenas lembre-se de nunca investir as economias de toda a sua vida. Embora haja muito potencial, não é uma garantia, e existem muitas outras moedas alternativas por aí que podem tomar a liderança como a criptografia mundial, ou a tecnologia pode ser completamente banida.

Veja mais informações: Investir em bitcoin

O futuro é incerto, mas com grande risco é uma grande recompensa, portanto conheça seus limites e seja financeiramente responsável ao negociar.

O futuro do Bitcoin pode ser incerto, mas seu potencial é claro para todos. Envolva-se no comércio de criptomoedas, e você pode ganhar um milhão ou até mais, simplesmente investindo em tecnologias futuras e protegendo suas apostas agora.


PAPEL PARA SUBLIMAÇÃO: O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ELE.

O Papel Sublimático (papel para sublimação) possui baixa porosidade e por isso é muito suscetível à umidade e por isso e indicado que ele seja mantido em estufa para papel. Ela é usada para a retirada desta umidade existente, o que resultará em uma impressão com maior qualidade e diminuirá quase a zero o famoso problema das manchas dos roletes. Deve-se ter cuidado durante o manuseio; não sobrepor a tinta com algum objeto ou mesmo com as mãos evitará que a impressão borre. Ao retirar a impressão da bandeja da impressora, evitar ao máximo encostar com a mão na parte impressa, mas preferencialmente aguardar alguns minutos antes manuseá-la.


Visite: Como se Tornar Designer de Estampas


Também é muito importante manusear o papel com as mãos limpas. Qualquer resquício de Tinta Sublimática que porventura esteja nos dedos pode ser transferido para o Papel Sublimático. Mesmo que não esteja visível aos olhos, se estiver no papel, será transferida para o produto. Isso ocasionará manchas e pontos indesejáveis, interferindo na qualidade do trabalho final e em alguns casos, inutilizando a peça sublimada. 

PAPEL COMUM E OUTROS TIPOS DE PAPÉIS: POSSO UTILIZÁ-LOS COMO PAPEL PARA SUBLIMAÇÃO?

É comum vermos pessoas utilizando Papel Comum (Folhas de Sulfite) em suas produções. Fazer isto não é recomendado e acaba prejudicando o resultado final de suas produções. Continue a leitura e entenda o motivo pelo qual é importante conhecermos as características que fazem o Papel Comum e outros tipos de papéis, não indicados para o processo de Sublimação.

PAPEL COMUM

O Papel Comum não possui tratamento específico para o processo de Sublimação, o que o torna poroso e com uma taxa de absorção alta. Dessa forma parte da tinta que deveria ser transferida ao substrato fica retida no papel. Como resultado da baixa transferência de tinta, há um produto com cores opacas e sem brilho, pois a totalidade da tinta que deveria ser transferida para o produto, fica retida no papel. Outro problema é a não existência de uma barreira em seu verso. Este fato pode fazer com que a tinta atravesse o papel, manchando a superfície da sua prensa. Caso a prensa manchada seja reutilizada logo em seguida, existe uma grande chance deste segundo fotoproduto ficar com traços da impressão anterior.

Esta mesma lógica vale para qualquer tipo de papel que não seja específico para a sublimação. Seja ele mais espesso ou mais fino, com qualidade fotográfica ou mesmo com um acabamento Matte. O fator relevante é a taxa de absorção e a não transposição da tinta no papel.

PAPEL TRANSFER

Também há no mercado o Papel Transfer, utilizado geralmente para estampar em tecidos de algodão. Este papel possui uma película vinílica em um de seus lados. Ao aplicar tempo x temperatura x pressão esta película é transferida para o tecido.

Apesar de ser uma solução inteligente para estampar camisetas de algodão, este é um processo indicado para produtos promocionais. Devido à baixa resistência deste tipo de estampa, ela não é indicada para produtos de longo uso. É observado que após alguns ciclos de lavagens a estampa começa  a desbotar. Também é comum o surgimento de trincas no material.

DEVO OPTAR SEMPRE POR PAPEL PARA SUBLIMAÇÃO? SIM!

Garantir um processo de impressão com insumos adequados e de qualidade irá facilitar muito a produção de fotoprodutos de sucesso. Parte disso irá depender da escolha adequada de um papel para sublimação. Como visto, ele tem grande responsabilidade na qualidade e na fidelidade de cores e brilho que o item apresentará.

O motivo que leva profissionais a optar por soluções genéricas em papel para sublimação é a falta de conhecimento das características necessárias de um bom insumo. Há a sensação de economia ao fazer a conversão de custo por página, porém não é levado em conta o aumentode consumo de tinta sublimática e também o fato de se obter um produto final de menor qualidade.

É indispensável optar por insumos de qualidade e específicos para o processo de Sublimação. Especialmente a Tinta para Sublimação e o Papel para Sublimação. Muito do sucesso de um negócio está em produzir com qualidade, e os insumos são parte fundamental disso. Oferte ao cliente o melhor e tenha a certeza de que ele voltará satisfeito sempre que precisar presentear alguém ou marcar uma data importante.

Para Maiores Informações: Como se Tornar Designer de Estampas

Importação e Exportação Dos Estados Unidos

Exportações dos EUA
As mercadorias contribuem com dois terços das exportações dos EUA (US $ 1,4 trilhão). Um terço dos bens exportados são bens de capital (US $ 533 bilhões). A maior subcategoria é a aeronave comercial (US $ 121 bilhões). Outros bens de capital incluem máquinas industriais (US $ 57 bilhões), semicondutores (US $ 48 bilhões) e telecomunicações (US $ 38 bilhões). Aparelhos elétricos (US $ 43 bilhões) e equipamentos médicos (US $ 35 bilhões) também são contribuintes significativos.

Outro terço dos produtos exportados é o fornecimento industrial (US $ 463 bilhões). A maior subcategoria é produtos químicos (US $ 77 bilhões). Em seguida, estão os produtos de petróleo (US $ 71 bilhões), óleo combustível (US $ 38 bilhões) e plástico (US $ 34 bilhões). O ouro não monetário é de US $ 21 bilhões.

Apenas 13% dos produtos exportados pelos EUA são bens de consumo (US $ 198 bilhões). As maiores categorias são produtos farmacêuticos (US $ 51 bilhões), celulares (US $ 27 bilhões) e diamantes (US $ 21 bilhões).

Os automóveis contribuem com 10% de todos os produtos exportados. Em 2017, isso foi de US $ 158 bilhões.

Apenas 9% dos produtos exportados são alimentos, rações e bebidas (US $ 133 bilhões). Os três grandes são a soja (US $ 22 bilhões), carnes e aves (US $ 19 bilhões) e milho (US $ 10 bilhões). As exportações de alimentos estão caindo, já que muitos países não gostam dos padrões de processamento de alimentos dos EUA. Esse foi um grande obstáculo para a bem-sucedida negociação do governo Obama da Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento.

Os serviços representam um terço das exportações dos EUA (US $ 778 bilhões). A maior categoria individual é a de serviços de viagens, com US $ 291 bilhões. Serviços de informática e negócios exportam US $ 191 bilhões. A próxima categoria é royalties e taxas de licença, em US $ 124 bilhões. Outros serviços privados, como serviços financeiros, somam US $ 121 bilhões. Contratos governamentais e militares somam US $ 20 bilhões.

Importações dos EUA
Mais de 80% das importações dos EUA são mercadorias (US $ 2,4 trilhões). Bens de capital (US $ 641 bilhões) contribuem com 27%. Isso inclui computadores (US $ 128 bilhões) e equipamentos de telecomunicações, incluindo semicondutores (US $ 128 bilhões).

Aprenda Como Importar Dos Estados Unidos De Forma Descomplicada.

Em seguida, estão os bens de consumo (US $ 602 bilhões). A categoria de celular e televisão (US $ 121 bilhões) é a maior. Em seguida, vestuário e calçado (US $ 123 bilhões). As importações farmacêuticas são de US $ 110 bilhões. Os gastos do consumidor americano dependem desses produtos importados de baixo custo.

Pouco menos de um quarto das importações são máquinas e equipamentos industriais (US $ 508 bilhões). A maior subcategoria é petróleo e derivados de petróleo, com US $ 183 bilhões.

A quarta maior categoria de importação é de veículos automotores, peças e motores (US $ 359 bilhões). A categoria de alimentos, rações e bebidas é a menor, com US $ 138 bilhões.

Os serviços respondem por 18% das importações (US $ 534 bilhões). A maior categoria é serviços de viagem e transporte, com US $ 236 bilhões. A próxima é de negócios e serviços de informática em US $ 141 bilhões. Banca e seguros é de US $ 76 bilhões. Por último, mas não menos importante, as importações de serviços do governo são de US $ 21 bilhões.

Clique na imagem e veja como você pode economizar e lucrar importando produtos dos Estados Unidos!

Como os Estados Unidos importam mais do que exporta, seu déficit comercial é de US $ 502 bilhões. Mesmo que a América exporte bilhões em petróleo, bens de consumo e produtos automotivos, importa ainda mais.

Como importei um carro morando na Holanda?

Mais brasileiros que moram na Holanda compraram um carro importado no ano passado. O principal argumento para comprar um carro em outro país é que muitas vezes se consegue um carro melhor ou se paga menos pelo mesmo carro.

A maioria dos carros importados vem da Alemanha, mas também há uma importação significativa da Bélgica, Itália e dos Estados Unidos.

Por que tantas pessoas querem um carro do exterior? Há sempre um pequeno grupo de compradores que procura aquele modelo raro ou aquele antigo que não está disponível na Holanda. Mas a parte do leão se deve principalmente ao preço, que também pode ser visto no fato de que cada vez mais carros menores de porte médio estão sendo importados. Enquanto no passado costumavam ser carros de médio porte e carros de luxo, atualmente muitos Golfs são importados.

Mas mesmo se você tiver desejos específicos, a importação é interessante. A escolha é, obviamente, muito maior se você também pesquisar na Alemanha e no resto da Europa.

1. Mais barato

A principal razão para importar um carro de um dos países vizinhos é que a Alemanha (e a Bélgica) não possuem BPM (Impostos de Automóveis de Passageiros e Motocicletas). Este imposto de compra torna os carros na Holanda relativamente caros.

Quem quer que importe um carro, ainda tem que pagar o BPM na Holanda, porque de outra forma nenhum negociante holandês venderia outro carro. Mas, como um carro de segunda mão não vale tanto quanto um novo, você também paga menos BPM em um carro antigo.

Agora, isso não indica que um carro usado na Holanda seria mais caro do que um carro importado, porque na Holanda você também se inscreve no BPM pago na compra.

Na prática, no entanto, parece que a depreciação do carro que você pode usar das autoridades fiscais para calcular o BPM a ser pago é menor do que a queda no preço de um carro usado comparável na Holanda.

As autoridades fiscais também são flexíveis com a maneira como você determina o valor do seu carro. Você pode fazer isso com base em uma lista de preços que os revendedores de automóveis usam, com base em uma tabela fixa das Autoridades Fiscais, ou através de uma avaliação.Qual método você escolhe e mais favorável é diferente caso a caso.

Mas antes que você possa debitar no BPM, primeiro você tem que calcular o ‘BPM bruto’. Esse é o imposto que você pagou se o carro fosse novo. Você faz isso com um carro de passageiros fazendo um cálculo baseado nas emissões de CO2 do carro. Você pode ler como fazer isso nas autoridades fiscais .

Mas cuidado. Você também pode usar o ‘histórico BPM’ como BPM bruto em alguns casos. Esse é o BPM que você pagou pelo carro na Holanda, se você comprou aqui novo. Esse arranjo deve evitar que você pague mais BPM do que alguém que já comprou o mesmo carro aqui na Holanda.

Muito complicado e de muitas formas diferentes, é por isso que fazemos o cálculo do BPM para o nosso cliente e levamos em consideração o método mais favorável.

2. Mais opções, especialmente na Alemanha

Exceto que às vezes é mais barato, você também tem mais opções na Alemanha. Verifique em um site como o Autoscout24.de ou o Mobil.de . O mercado é claro maior. Os alemães também vestem seus carros com mais luxo. Eles costumam encomendar mais acessórios e gadgets técnicos. Na Alemanha e, em menor escala, também na Bélgica, muitas vezes você tem a escolha de mais motores.

A razão para isso é o regime fiscal dos Países Baixos. Na Holanda, cerca de 60% dos carros recém-vendidos são carros alugados e, devido às regras de adição, o fornecimento no mercado de ocasião é, às vezes, unilateral.

Na prática, isso significa que muitos Toyota Priussen e Renault Megane Stationwagons chegam ao mercado – carros que são populares, ou há algum tempo atrás, muito populares por causa da baixa adição. Esses carros nem sempre correspondem à demanda de pessoas que estão procurando por um carro de segunda mão que não tenha que lidar com a adição .

Muitos carros de ex-locação holandeses são, por exemplo, a diesel, porque eles são mais baratos se você fizer um monte de quilômetros, mas algumas pessoas preferem um carro a gasolina. Leaserijders têm nos últimos anos, por causa da adição, também optou por motores com poucos cavalos de potência, mas isso nem sempre é o desejo do comprador de carros usados.

3. Muitas ocasiões jovens com baixa quilometragem

Muito atrativo para a importação são os chamados “Jahreswagen”. São carros com até um ano de idade e que possuem de 5 a 6 mil quilômetros no hodômetro. “Você em breve será 20 a 30 por cento mais barato do que quando comprar o mesmo carro novo na Holanda”, disse Marco Nieuwenhuizen, da importadora automotiva, ao Z24 no ano passado . Na Alemanha, os funcionários dos distribuidores ou fabricantes de automóveis costumam passar um curto período de tempo em um carro novo de seu empregador. Eles são geralmente bem tratados e equipados com todos os tipos de extras.

Possíveis desvantagens

Existem também desvantagens em importar um carro? Sim, mas isso diz respeito principalmente ao incômodo. Não apenas o carro tem que ser transportado para a Holanda, ele também tem que ser inspecionado novamente, colocado na placa do carro, e assim por diante.

Saiba como importar dos EUA pela internet.

Como se tornar uma Design de Unhas

Descubra como se tornar um técnico de unhas. Pesquise os requisitos de educação e treinamento e aprenda sobre a experiência que você precisa para avançar em sua carreira em cosmetologia.

Devo me tornar uma design de unhas?

Se você está cansado de suas nove a cinco e em busca de uma carreira nova e excitante, você veio ao lugar certo. Uma carreira na indústria de design de unhas poderia ser a fuga perfeita. Com horários flexíveis, satisfação criativa e demanda crescente por profissionais qualificados, não há lugar melhor para se estabelecer.

Veja aqui: Curso de Unhas de Fibra de Vidro

Nos Cursos Online, sabemos que a competição nesta profissão é feroz. À medida que a demanda por unhas preparadas e preenhas aumenta, o mesmo acontece com a quantidade de empresas de design de unhas. É por isso que fornecemos uma variedade de cursos de unhas. Queremos que nossos alunos tenham uma vantagem profissional e desenvolvam o conhecimento e as habilidades de que precisam para se tornarem líderes do setor. Para ajudá-lo ao longo do caminho, dividimos o conteúdo do nosso curso nesta postagem do blog para ajudá-lo a decidir qual (ou dois, três ou quatro) escolher.

Arte e Design de Unhas

Conheça mais clicando na Aqui

Se você vir um prego como uma tela em branco, esse pode ser o caminho certo para você. Unhas decoradas estão se tornando um luxo cada vez mais popular. Fashionistas pagarão muito dinheiro para técnicos de unhas com um toque artístico. Se você gosta de uma fatia da ação, então agora é a hora de se inscrever. Não se preocupe se as suas habilidades com pintura não forem tão boas. Quando você está matriculado neste curso, já está bem encaminhado para se tornar um artista de unhas. Aprenda todas as dicas, truques e técnicas que você precisa para criar designs elegantes e complexos. Nail art e design é uma habilidade essencial para qualquer técnico de unhas praticante ou aspirante.

O Design de Unhas

O papel de um profissional em design de unhas é extenso. Além de ser capaz de aplicar cuidadosamente e intricadamente decorar as unhas, o indivíduo também deve ser capaz de consultar sobre a saúde geral das mãos e dos pés do cliente. Em alguns casos, os profissionais também devem poder oferecer massagens básicas, manicure e pedicure. Este curso foi especificamente projetado para ajudar os indivíduos a desenvolver as habilidades necessárias para se tornarem técnicos de unhas talentosos. O programa oferece treinamento em toda a linha; cobrindo todas as áreas relevantes em grande detalhe.

Sobreposições acrílicas são o tipo mais durável de unha artificial. Eles também fornecem uma unha durável e natural para o cliente. Isto é provavelmente porque eles são tão populares. Muitas vezes, a unha de fibra de vidro é usada para estender as unhas naturais do cliente. Geralmente, esses tipos de unhas duram entre duas e três semanas; após esse período, vários procedimentos de manutenção e preenchimento precisarão ser executados nas extensões do cliente para mantê-los em boas condições. Este curso ensinará como aplicar, estender e manter unhas usando acrílico. Ele também inclui informações sobre manicures para que você não precise fazer uma qualificação de manicure separada.

Técnica de Unhas de Gel

Unhas de gel são uma alternativa popular para acrílicos. Isso ocorre porque eles têm propriedades muito semelhantes e se beneficiam de maior flexibilidade. Muito parecido com acrílicos, eles podem ser usados, pintados e decorados da mesma maneira. Unhas de gel são geralmente aplicadas usando uma luz UV. Eles devem durar entre três e quatro semanas e depois disso, eles precisarão de tratamentos de manutenção. Estudar para este diploma lhe dará o conhecimento e a experiência que você precisa para se tornar um especialista em gel. Esta é uma qualificação perfeita para iniciantes e uma adição útil para técnicos de unhas já qualificados.

Saiba mais clicando sobre essa técnica em Curso Online de Unhas de Fibra de Vidro

Instalação De Energia Solar

Dicas sobre instalação solar e instalação de painéis solares.

A instalação solar é algo que se tornou mais fácil ao longo dos anos e com o constante avanço da tecnologia solar, a instalação de painéis solares e equipamentos de sistema fotovoltaico certamente ficará ainda mais simplificada no futuro.

No entanto, isso não significa que a instalação solar seja um processo fácil de 5 etapas ou que todos devam experimentá-la.
Instalação Solar e o que você deve saber antes de começar!

Devido ao fato de que a instalação solar envolve o trabalho com painéis e equipamentos que produzem centenas de volts de eletricidade à luz do sol, há alguns problemas de segurança muito sérios que devem ser entendidos antes de considerar a instalação de painéis solares ou componentes do sistema fotovoltaico em sua casa.

Muitas vezes, o trabalho envolvido na instalação solar precisa ser feito por um profissional, as autorizações precisam ser aplicadas e padrões elétricos específicos (que freqüentemente diferem de uma área para a próxima) precisam ser atendidos.

Para mais informações acesse: Instalação De Energia Solar.

É por essa razão que também há muitas improvisações envolvidas na instalação de um sistema de energia solar.Embora nós aqui no altenergy.org não o encorajamos de forma alguma a desobedecer aos padrões, regras, requisitos e diretrizes estabelecidos pelo seu município com relação a como instalar painéis solares ou um sistema de energia solar, nós mostramos algumas maneiras de trabalhando em torno de alguns dos aspectos mais difíceis da instalação solar no final desta página web. Para ter certeza, verifique com seu departamento local de construção e segurança para requisitos específicos.

Então, vamos dar uma olhada no procedimento básico para instalar um sistema de energia solar ligado à grade em sua casa … mas antes disso, você pode querer verificar a nossa página sobre Segurança Solar.
Instalação de painéis solares e sistema solar.

Ganhe Dinheiro Com Instalação De Energia Solar

1. Primeiro você deve se certificar de que seu telhado ou onde quer que você esteja montando seus painéis solares é forte o suficiente para a instalação de painéis solares e para suportar o peso. Não há nenhum ponto em instalar painéis solares em um telhado que vai desmoronar e, finalmente, custar-lhe mais dinheiro para reparar.

2. A menos que você esteja usando telhas solares, a próxima coisa que você deve fazer no processo de instalação do painel solar é medir as dimensões do seu telhado e garantir que seus painéis solares (todo o painel solar) possam caber no espaço disponível. Ao instalar painéis solares, você também pode querer considerar o uso de uma área onde há um espaço considerável para a adição de mais painéis no futuro. Para uma instalação adequada do painel solar, o ideal é que os painéis solares entrem em um telhado que fique voltado para a direção da saída do sol. Portanto, se na sua região o sol nascer no leste, seus painéis devem ficar voltados para o leste para a exposição máxima. Apenas certifique-se de que o telhado não tenha sombra de outras casas, edifícios, árvores, etc.

Uma coisa importante que você deve saber sobre a instalação de painéis solares é que, ter apenas um painel solar na sombra pode impedir todo o seu painel solar de funcionar. Além disso, quando você estiver instalando painéis solares, certifique-se de que a sombra não venha com a mudança das estações ou com o desenvolvimento futuro de sua vizinhança. Instale painéis solares a menos de 12 “da borda do telhado e 16” dos beirais.

3. Antes de instalar painéis solares, você deve instalar suportes em telhados inclinados ou montar trilhos em telhados planos. As montagens de painéis solares podem ser compradas em lojas de melhorias domésticas ou solares. Stand offs para os suportes ou trilhos devem ser garantidos para vigas da casa ou treliças, não apenas o revestimento. Suportes de instalação solar são usados ​​em telhados inclinados, mas a inclinação deve ser posicionada de maneira a dar ao painel boa exposição direta ao sol. Um sistema de trilho de montagem é usado na instalação solar para permitir que você posicione o painel em qualquer ângulo desejado. É importante que você mantenha todos os painéis solares no mesmo ângulo e altura (mesmo quando a inclinação do telhado muda) para manter a mesma tensão de produção. Certifique-se de usar o selante do telhado, onde você perfura os parafusos no teto ao fixar os suportes ou os trilhos de montagem – para que a água da chuva não possa vazar pelos orifícios do telhado. Siga as instruções fornecidas com os suportes ou sistema de trilhos que você usa para garantir que a instalação do seu painel solar seja feita de acordo com as recomendações do fabricante.

4. Em seguida, conecte os painéis solares, elevando-os até o teto, colocando-os nos suportes ou montando o sistema de trilhos e prendendo-os no suporte ou no sistema de trilhos. Ao instalar painéis solares, certifique-se de que eles não escorreguem acidentalmente dos telhados inclinados antes de ter a chance de protegê-los.

5. Quando a instalação do painel solar estiver concluída e seus painéis estiverem seguros, você deverá conectá-los de acordo com a forma como deseja que eles produzam energia. Certifique-se de que todos os seus fios estão devidamente isolados e impermeabilizados (embalados com fita isolante preta). Para evitar choques, sempre conecte um fio terra do equipamento de montagem à terra ao realizar a instalação solar.

6. Uma vez que os painéis tenham sido conectados e alinhados no local, o conduíte deve passar por baixo dos painéis, até uma caixa de junção, ao lado da casa e ao primeiro componente fotovoltaico do sistema – geralmente a desconexão CC (consulte o sistema solar). tipos para a ordem correta de componentes fotovoltaicos).

Para a instalação de energia solar, você deve usar “fiação”, que consiste em três fios: fio negativo, positivo e terra. Nenhuma das fiações deve estar tocando o teto real. A instalação de conduítes sobre todos os fios que saem dos painéis é essencial para protegê-los da exposição à chuva, à luz do sol e a outros elementos.

7. Agora, configure todos os seus componentes fotovoltaicos de acordo com as instruções do fabricante (mas ainda não os conecte). Instale seu inversor e os outros componentes fotovoltaicos em uma garagem ou em um anexo. Certifique-se de que a área esteja seca, bem ventilada e que o espaço não esteja sujeito a temperaturas extremas de calor ou frio. Isso é especialmente importante quando se trata do banco de baterias. Na verdade, se houver algum resfriamento, você deve usar uma caixa de bateria ao redor de todo o banco de baterias para protegê-lo de ambientes em constante mudança. Uma caixa de bateria também é necessária para proteger crianças e animais de choque elétrico acidental.

8. O próximo passo em uma instalação PV típica envolve a utilização da energia do seu inversor no painel do disjuntor AC da sua casa e outros componentes do sistema. Para fazer isso, primeiro desligue o disjuntor principal e desenergize todas as fontes de energia CA e CC.

Em seguida, conecte seu inversor ao painel do disjuntor de corrente alternada. Conecte os fios fotovoltaicos ao disjuntor de desconexão de CC e aos outros componentes do sistema fotovoltaico até a desconexão do CC principal. Em seguida, conecte a desconexão da CC principal ao inversor.

Depois de fazer isso (e garantir que seu sistema esteja seguro, fazendo com que um eletricista profissional teste e verifique se tudo está funcionando corretamente), é possível ligar seus disjuntores e chaves de desconexão CC / CA e a eletricidade será distribuída a partir do disjuntor CA painel para qualquer carga elétrica em sua casa.

Ao fazer a fiação através das paredes, use um conduíte para proteger contra choques e curtos-circuitos. Para fiação externa, use conduíte fotovoltaico sobre os fios, com conexões à prova de água ou use vedação de duto para manter a água fora.

Além disso, a qualquer momento, você estará compartilhando energia solar com energia da sua empresa elétrica, é uma boa idéia instalar uma segunda caixa de painel menor ao lado da sua principal para a alimentação solar, juntamente com um conveniente interruptor de desligamento para fazer o corte poder do painel solar fácil se necessário. Um procedimento de segurança muito comum e geralmente necessário em instalações solares.

O disjuntor usado para a alimentação solar não deve exceder 20% do tamanho de serviço do painel do disjuntor CA. Portanto, se o serviço elétrico da sua casa for de 100 A, isso limitará o tamanho do disjuntor a 20 A. Se você instalar painéis solares e um sistema fotovoltaico com mais amplificadores do que isso, talvez seja necessário aumentar o serviço elétrico de suas residências para um amplificador de 200 ou mais.

Obviamente, este é apenas um esboço geral do processo de instalação solar. Um Guia para o Projeto de Sistemas Fotovoltaicos (PV) e Instalação Solar. É grátis e se você gosta de ler, cobre tudo.
Atalhos de Instalação Solar

Aqui listamos algumas maneiras alternativas pelas quais você pode economizar ainda mais (e trabalhar) simplesmente trabalhando em torno de alguns dos aspectos mais caros e “legalmente complicados” da instalação de energia solar.
Telhado ou Quintal?

Se a instalação de painéis solares é um pouco trabalhosa demais para você e você não quer passar por todos os problemas de montagem e instalação de painéis solares no seu telhado, você sempre pode colocá-los no seu quintal ou na sua varanda. Isso exigirá que seus painéis tenham algum tipo de suporte ou suporte ajustável por trás deles.

No entanto, áreas diferentes têm regras diferentes para isso também. Algumas áreas exigem que quaisquer painéis solares não montados no telhado devem ser protegidos do público em geral através do uso de cercas ou de um poste de 8 pés ou mais. Faça sua lição de casa e descubra o que é necessário em sua área antes de prosseguir. Você pode aprender mais sobre painéis solares de montagem em postes clicando aqui para acessar a seção Painéis Solares Montados em Pole de nosso website.
Painel ou plugues?

Se você não quiser se conectar diretamente ao painel frontal do disjuntor de CA da sua casa, poderá conectar os dispositivos diretamente no inversor. Basta configurar um sistema onde você conecte aparelhos, TVs, torradeiras, luzes, etc, em uma caixa conveniente de tomadas de energia de “acesso direto” (plugues).

Isso pode ser tão fácil quanto conectar um cabo de extensão do inversor de energia, passando-o para dentro da casa e adicionando uma barra de energia com várias saídas de fácil acesso. Muitas pessoas optam por implementar pequenos atalhos de instalação solar como estes para “contornar” alguns pontos difíceis.

Com essas opções para “contornar” alguns dos aspectos mais caros (e complicados) da instalação de energia solar, fica ainda mais fácil criar um sistema que recupere mais de seus custos iniciais em apenas alguns meses, em vez de levar anos.

Holografia

Introdução

O nome holografia vem do grego HOLOS: todo, inteiro; e GRAPHOS: sinal, escrita, pois é um método de registo “integral” com relevo e profundidade.

Um holograma é uma figura tridimensional obtida por registo, em película própria, dos efeitos da sobreposição de duas ondas (figura de interferência) provenientes de uma mesma fonte luminosa (raios laser), sendo uma onda directa e a outra reflectida pelo objecto (que se quer reproduzir) na película. O Laser é a fonte de luz necessária para a criação de uma inscrição microscópica criada de tal maneira que com a presença de luz adequada, a imagem integral de um objecto é projectada tridimensionalmente. Quando uma luz incide sobre o holograma, as imagens guardadas saltam para o espaço, isto é, forma-se uma imagem virtual que reconstitui o objecto a 3 dimensões. Devido à propriedade ondulatória da luz, é possível gerar imagens de objectos no espaço. O holograma é constituído por um filme no qual se fazem incidir dois feixes de raio laser. O primeiro é reflectido por um espelho e o segundo, pelo objecto que se deseja fotografar. O filme fica impressionado pela figura de interferência dos dois feixes. Quando o holograma é iluminado com a luz coerente (com diferença de fase estável) do mesmo comprimento de onda usado na impressão, surge no filme uma imagem virtual do objecto holografado. O ângulo de observação da imagem coincide com o do objecto.

História

O conceito de holografia surgiu lado a lado com a fotografia. Ter possibilidade de produzir uma fotografia em 3D é algo absolutamente fascinante, e apesar de ainda não ser totalmente possível, já há bastante tempo se trabalha para isso.

A holografia propriamente dita surgiu em 1947 às mãos de um cientista de nome Dennis Gabor quando este tentava melhorar a precisão de um microscópio electrónico. Foi este cientista que criou a palavra holograma. Este primeiro holograma era muito primitivo pois era produzido com uma luz filtrada de uma lâmpada a arco de mercúrio.
br A sua descoberta foi mais tarde posta em prática quando em 1960 o cientista norte-americano Theodore Maiman descobriu o Laser, que é a fonte ideal para produção de hologramas.

Em 1962, dois engenheiros de seu nome Emmett Leith e Juris Upatnieks apresentam o primeiro Laser de uso prático e, utilizando a técnica descoberta por Gabor, realizaram os primeiros hologramas de grande qualidade a três dimensões. Também em 1962 em o físico Yuri N.Denisyuk, que anteriormente também havia descoberto uma técnica de holografia, embora sem reconhecimento, produz agora um holograma de reflexão com luz branca, i.e., que podia ser visto com luz de uma lâmpada normal.

Em 1968, Stephen A. Benton, inventa a holografia de transmissão com luz branca, que além de poder ser vista com uma lâmpada normal oferece a possibilidade de gravar um holograma numa película de plástico. Esta técnica de gravação possibilita a reprodução em massa de hologramas.

Corria o ano de 1972 quando Lloyd Cross combinou a técnica de Stephen Benton com a cinematografia para produzir imagens tridimensionais em movimento. Sequências de imagens de um objecto 2D.

Dennis Gabor

Produção de Holografia

A holografia à semelhança da fotografia requer uma fonte de iluminação, uma película para registar o objecto e uma forma de revelação para que o objecto possa então ser visto, no caso do holograma, tridimensionalmente. No entanto, a criação de um holograma é um processo mais trabalhoso, que utiliza feixes de raios laser para criar uma matriz com a informação do objecto, esta matriz fica registada numa película com características especiais por serem sensíveis à luz. A inscrição feita na matriz é microscópica e em qualquer pedaço do holograma é recebida e registada a luz proveniente de todo o objecto. Deste modo, qualquer parte do holograma reproduz o objecto por inteiro. No entanto fá-lo apenas para uma única perspectiva, para obter uma imagem em 3D é necessário juntar todas as partes. Só assim é possível observar a imagem reconstruída de vários ângulos. Os feixes de raio laser têm origem num só que depois é dividido em dois, ambos atingem a película de holograma um é reflectido pelo objecto e o outro é reflectido por um espelho. Todos os espelhos utilizados em holografia são espelhos com reflexão na primeira face, ao contrário dos espelhos convencionais que são espelhados por trás. Existem várias técnicas de produção de hologramas: reflexão, transmissão e arco-íris.

Holografia por Reflexão
Na holografia por reflexão, o laser passa por uma lente, pela película de gravação e atinge o objecto. A lente espalha o feixe laser de modo a cobrir todo o objecto. O objecto reflecte o laser directamente para a película, esta é atingida pelo laser original na face oposta, criando-se a figura de interferência. Neste tipo de holograma, apenas a parte do objecto mais próxima ao filme será bem registada. Não existe flexibilidade para variar a iluminação do objecto, pois a mesma será sempre alinhada com o ângulo do feixe de referência. Quando se pretende iluminar um objecto mais complexo, um feixe único de luz é insuficiente para se conseguirem resultados adequados. Além disso, não se pode controlar a razão entre as intensidades do feixe de referência e o feixe do objecto, factor importante para a obtenção de hologramas eficientes. Este holograma tem a vantagem de ter a sua imagem reconstruída com luz branca incoerente, permitindo a sua visualização com uma lâmpada incandescente comum, no entanto não é possível fazer cópias, o que o torna limitativo.

Holografia por Transmissão
A holografia por transmissão consiste na gravação de uma película com uma interferência entre dois feixes do mesmo laser, um vindo directamente do laser outro obtido por reflexão do objecto a registar. Para a imagem ser vista, faz-se incidir sobre a película um laser com as mesmas características e ângulo de incidência. São usados laser por estes serem monocromáticos (tem apenas uma única frequência), desta forma as ondas por ele emitidas avançam todas em fase. O laser comum possui um comprimento de coerência de apenas alguns centímetros, o que limita o volume do objecto a ser holografado com esta técnica. Por este motivo as zonas do objecto mais próximas da película ficam com melhor definição. A grande dificuldade está em distribuir uniformemente a luz sobre o objecto o que pode comprometer seriamente a sua iluminação.

Holografia por Arco Íris
Os hologramas em arco-íris são criados a partir de uma holograma normal (transmissão ou reflexão) que é usado como objecto e um outro holograma criado com uma abertura. A abertura limita a perspectiva da imagem evitando a paralaxe. Este processo elimina a necessidade de luz coerente permitindo visualizar a imagem 3D com luz ambiente comum. Se o observador se mover no eixo vertical, embora não seja visível, a cor da imagem varre as cores do arco-íris.